Análise de Sabores #23: Ex-2NE1 lança algo ouvível e choca!

E voltamos com as análises de sabores. E nada como voltar aos velhos tempos literalmente, pois o assunto de hoje é a ex dancer do 2ne1 Minzy. A gata vem explodindo muitos países desde que saiu da YG (aprendeu direitinho com a empresa), então minhas expectativas pra isso eram negativas. Sério gente, abaixo de zero mesmo, abaixo de Blackpink (!!!); felizmente a queen serviu um pouco!

Continuar lendo “Análise de Sabores #23: Ex-2NE1 lança algo ouvível e choca!”

E vamos de um rosto da Bom para um lançamento de 2021!

Bom, já que eu não estou com ideias pra post e com vontade de fazer algo fora do convencional, vamos de dar um rostinho da nossa queria Park para cada bomba (ou hino?) de 2021. Logicamente teremos mais bombas porque 2021 tá sendo um ano meio bombario pro kpop no geral.

Pre Debut (WSJN – NEW ME)

Aqui nossa menina estava deslubrante. Toda girl boss/girlcrush, Bom servia talento e beleza, chocando quem não tem nenhum dos dois. O Cosmic Girls lacrou demais com New Me e fez jus ao rosto perfeito da Bom 00s. Muitas querem, poucas conseguem!

Continuar lendo “E vamos de um rosto da Bom para um lançamento de 2021!”

Rasgando a seda do 1° semestre: 30 Melhores Faixas!

Obs: Todas as faixas daqui são incríveis, independente da posição!

Como prometido, vou trazer o top30 musicas e top30 álbuns. Esse semestre foi incrivelmente bom, servindo uma quantidade absurda de hinos, dificultando bastante a minha missão de trazer as 30 melhores. Inicialmente, seriam apenas 10 pra combinar com a tag, mas acabei fazendo com mais mesmo pois já havia mentalmente ranqueado umas 20 músicas; além de combinar com o rank de LP’s.

Continuar lendo “Rasgando a seda do 1° semestre: 30 Melhores Faixas!”

Playlist ÁsiaÁsiatica: Abril (2021)

Bastante atrasado…

O mês de abril foi bem ok, servindo alguns hinos no Japão e muita bomba no resto, principalmente a Coreia que ganhou bastante armamento nuclear. Vou tentar indicar os melhores lançamentos do mês, porém não afirmo que vai te satisfazer. Enfim, vamos tentar:

Continuar lendo “Playlist ÁsiaÁsiatica: Abril (2021)”

Análise de Sabores #22: Kura Kura mostra que o Twice realmente é o grupo da nação!

O primeiro post do blog é basicamente um massacre das twice. Uma review daquele tenebroso álbum de debut e poucas esperanças pro futuro. Meu eu de 2017 nunca esperava que elas se reinventariam e seriam as maiores fornecedoras de hinos no k-pop, barrando o Loona, o suprassumo dos girlgroups na época. Mas elas conseguiram. Lançaram o mini icônico de Fancy, subiram ainda mais em Feel Special e ainda lacraram o último álbum coreano. A carreira japonesa talvez tenha sido o inicio de tudo, pois foi Breakthrough o primeiro single fora do color pop(aegyo para qualquer pessoa normal). Muitos acham a carreira nipônica delas como um meio de reciclagem da carreira coreana, mas eu gosto muito das presepadas que soltam por lá. E então chegamos aqui…

Continuar lendo “Análise de Sabores #22: Kura Kura mostra que o Twice realmente é o grupo da nação!”

Análise de Sabores #21: Vamos para Paris com Julia Wu?

Julia Wu é uma daquelas cantoras chinesas fadadas a se tornarem cantoras clássicas, mas que de alguma forma conseguiram driblar o desejo dos pais e se tornou uma “cantora do mundo”. A lenda inclusive viveu boa parte de sua vida na Austrália, apesar de ter nascido na China, o que resultou em sua dupla nacionalidade. Por incrível que pareça, o ícone ainda foi guerreiro e participou do Miss Korea e do X-Factor Australia. Todavia, foi só nos últimos anos que ela começou a receber certo reconhecimento, devido a sua carreira ascendente na China. (tá difícil achar info sobre a Julia, então perdoem o post curto).

Continuar lendo “Análise de Sabores #21: Vamos para Paris com Julia Wu?”

Lunch Time #9: Timeabout

Bom, quem me conhece sabe que eu amo a Yukika. Eu descobri essa menina pelo rym lá e 2020, na época do debut album, e nunca mais parei de ouvir a discografia da lenda. Yukika foi bastante corajosa em sua passagem pelo “Real Girls Project, depois no fracassado mixnine e por fim chegando no seu debut solo. Só por ser japonesa já é uma dificuldade na Coreia, mas ela ainda foi além e virou um ícone do city pop no país. Como já falado em um post passado, a Coreia odeia o pop da cidade pois lembra uma época onde eles eram fracassados economicamente falando, além das guerras com o Japão. Mas ela, a mulher, vem lançando, de forma interrupta, vários pancadões city pop, chocando a Coreia. Ela fracassa, porém nunca desiste, mostrando que é brasileira. Muitos acharam que a mamacita iria parar depois de sair da sua antiga empresa, porém tudo não passou de um termino de contrato. Logo a fada foi para uma outra empresa, presidida pelo mesmo chefe da anterior, mostrando sua lealdade e jogando na cara das periféricas o seu poder.

Continuar lendo “Lunch Time #9: Timeabout”

Análise de Sabores #20: Ai Furihata renova seu city pop com AXIOM!

Ai Furihata, mais conhecida como Furirin, talvez seja o ato japonês mais interessante do city pop atual. A integrante do girlgroup de anime AQUORS começou sua carreira com hino retro City, muito amada por todos os fãs. Ela então soltou 2 EP’s ano passado e logo anunciou seu próximo lançamento, que seria o seu primeiro single físico, fazendo jus ao conceito 80s. Foram meses de espera até o lançamento para streaming(o físico só sai dia 18), sendo finalmente liberado no último dia 11:

Continuar lendo “Análise de Sabores #20: Ai Furihata renova seu city pop com AXIOM!”

Análise de Sabores #19: We Are The Peripheral Queens (J-Indie Edition)

Eu acabei ficando alguns dias sem postar por motivos pessoas, então decidi fazer um pacotão de reviews japas. Não é como se as faixas daqui não merecessem um post solo, apenas não vai dar tempo para fazer de todas. Na ultima quarta feira, dia 7 de abril, muita coisa boa saiu no Japão. Inclusive, preciso falar que toda quarta feira ocorrem vários lançamentos por lá, sendo meio que um “dia oficial dos releases” na terra do sol nascente. Dito isso, a maioria dos comentários escritos aqui serão de singles desse dia. Então vamos de provar!

Continuar lendo “Análise de Sabores #19: We Are The Peripheral Queens (J-Indie Edition)”

Análise de Sabores #18: Qualquer coisa coloca um biubiusawwwnn!

Eu nunca fui muito chegado nas musicas da G.E.M. Não tem um motivo concreto; acredito que a discografia dela fede a baladas chinesas, o que me afastou bastante dela. Eu também não sou muito chegado no mandopop dos aos 2000, principalmente no final da década. A gema de ovo debutou nesse época, logo não me interessei pelas musicas. Esse ano ela começou com ballads mela cueca, porém chocou a todos e lançou esse hitzão abaixo:

Continuar lendo “Análise de Sabores #18: Qualquer coisa coloca um biubiusawwwnn!”
E VAMOS DE K-POP

Do Brasil para os esgotos de Seul

dramas antes de flores

"Why did the world teach us such different things? And why did it put us together?" - Ipseong, Arthdal Chronicles

Pop Asiático.jpg

K-pop, J-pop e outras letras-pop em um blog

SRSLY K-POP?

Aquele blog que faz tanta review de tanta coisa que até a gente se perde.

AYO GG!

Um blog para palpitar sobre asiáticas gostosas

Delírios da Madrugada

O Blog do Kpopper Insone

sobreasian

porque eu não tenho vida social

E AÍ SURGIU O KPOP

e sua vida nunca mais foi a mesma

Aquário Hipster

Reviews e reflexões de K-Pop e Boys Love por um aquariano bem brisado...

Valentina Linz

escritora - writer